Eleições 2020: programa de Rossano e Lucas para a educação beneficia todas as camadas da sociedade

Assessoria dos candidatos 

Nossa cidade está no caminho certo. Foi a frase escolhida pela coligação “São Gabriel em Frente” para destacar o vídeo de apresentação em uma live feita com profissionais da área de educação, na noite de segunda-feira (12). 
No Dia da Criança, o tema em destaque foram investimentos que beneficiaram todas as camadas educacionais, mas, principalmente crianças e adolescentes. Durante a atual gestão, 6.900 alunos da Rede Municipal de Ensino receberam kit`s de material escolar, mochila e uniforme completo com camiseta, bermuda, jaqueta, abrigo, tênis, regata e uniforme esportivo. 
O governo municipal ainda investiu recursos na construção de quadras esportivas nas escolas, implantou o Programa Acelera Cidadão e ainda conquistou mais ônibus escolares para a cidade e interior.
Mesmo com a pandemia, São Gabriel seguiu sendo destaque nacional na área educacional com a implantação do ensino à distância e manutenção da merende escolar para toda os alunos da rede. Levou o ensino ao interior com o Programa Rádio Educação e valorizou o professor, que não deixou de receber o piso e o salário em dia.
Durante diálogo com a coordenadora das Escolas de Educação Infantil, Caroline Lodovisk e com a fisioterapeuta Luciane Faria, coordenadora do Setor de Inclusão, Rossano informou que o novo programa de governo prevê a implantação de uma Creche Noturna (denominada Creche Corujinha) e um novo berçário central. O serviço será disponibilizado, das 18h30 às 21h, junto a Escola de Educação Infantil Nossa Senhora Menina, beneficiando mães que trabalham ou estudam no período da noite.

O projeto já foi aprovado pelo Poder Legislativo e só não iniciou em 2020 por causa da pandemia.
No vídeo - publicado na página do candidato e com mais de 10 mil visualizações somente no primeiro dia, Caroline Lodovisk informou que 893 crianças (de 4 meses a 3 anos) continuam recebendo duas marmitas, frutas e leite por dia (de segunda a sexta), mesmo com a interrupção das atividades durante a pandemia. Mais de 1300 crianças (de 4 a 5 anos) recebem também alimentação. “A decisão foi manter o padrão para garantir a alimentação de qualidade e balanceada”, explicou a coordenadora.
O governo de Rossano, na atual gestão, passou a ofertar mais vagas na educação infantil. De 2017 a 2020, aumentaram 600 crianças, chegando a 2.234 matriculadas na rede.

A novidade ficou por conta de investimentos na educação infantil também na zona rural. Quatro escolas do campo passaram a disponibilizar vagas para Pré-A atendendo, desde 2017, 182 vagas para crianças de 4 a 5 anos. Além disso, os pais os alunos também têm transporte escolar com acompanhamento de monitores.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.