Design-sem-nome-1

Cristãos Anti-Bolsonaro promovem vigília virtual pelas 500 mil perdas da Covid-19

Um coletivo de grupos de evangélicos e católicos não-alinhados ao bolsonarismo realiza no próximo dia 9 de julho, sexta-feira, uma vigília nacional de oração em prol das 516.119 vítimas da Covid-19 no Brasil, conforme os dados de 29 de julho. 
A iniciativa ecumênica, chamada “Vigília da Esperança”, é promovida pelo Movimento Cristãos Trabalhistas, ligado ao PDT, em parceria com o Evangélicos pela Democracia. 
Apesar do caráter político dos movimentos que promovem o ato, a vigília é definida por eles como apartidária. 
“Sim, obviamente há nomes que tem alguma ligação militante com movimentos sociais ou políticos, mas esse não é um ato eleitoral, não se falará em candidatos. É um momento de unidade de oração em prol das vítimas do Covid-19 e pelo fim do regime de morte que reina sobre o país”, declara o pastor Alexandre Gonçalves, presidente nacional do Cristãos Trabalhistas e um dos preletores do evento.

Ed René Kivitz

Ariovaldo Ramos

Leonardo Gonçalves

Marina Silva

Cláudio Moreira

Participam nomes conhecidos do cenário religioso evangélico e católico no país, como os pastores Ed René Kivitz, Alexandre Gonçalves, Ariovaldo Ramos, Nilson Gomes, Cláudio Moreira, Zé Bruno, padre Paulo Dalla Dea, Marina Silva e outros. A vigília será transmitida pelos canais dos movimentos Evangélicos pela Democracia e Cristãos Trabalhistas nas redes sociais.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.